PDT, de Ciro Gomes, trai oposição e garante os votos da PEC que permite a Bolsonaro gastar R$ 90 bilhões em ano eleitoral

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Ciro Gomes e Jair Bolsonaro

247 – A aprovação da PEC do calote nos precatórios só foi possível porque o PDT, de Ciro Gomes, traiu acordo fechado com a oposição e votou ao lado de Jair Bolsonaro, que agora terá uma margem de R$ 90 bilhões para gastar em ano eleitoral, com seu Auxílio Brasil de R$ 400 e mais recursos para emendas parlamentares. O voto do PDT revoltou a oposição e até aliados de Ciro. Confira algumas reações:


Dilma@diImabr

Nenhuma surpresa: o PDT, partido de Ciro Gomes, aconselhou a não retirada de pauta da PEC do Calote que dará a Bolsonaro 90 bilhões para gastar como quiser em 2022, ano da eleição.11:37 PM · 3 de nov de 20214 mil63

Compartilhar este Tweet


Blog do Noblat@BlogdoNoblat

Os votos do PDT de Ciro Gomes foram decisivos para a aprovação da PEC dos Precatórios. À tarde, Carlos Lupi, presidente do partido, havia dito que o PDT votaria contra. Mudou de posição.1:51 AM · 4 de nov de 20212,3 

Compartilhar este Tweet


Tico Santta Cruz @Ticostacruz

Aguardando um posicionamento do @cirogomes em relação a essa VERGONHA que o PDT está fazendo hoje.1:27 AM · 4 de nov de 20214,4 mil382

Compartilhar este Tweet

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter